sábado, 3 de setembro de 2016

Aventura




Aventura de Uma Vida Inteira

Ative a mágica
Para mim ela diria
Tudo que você quer está a um sonho de distância
Nós somos lendas
Cada dia
Foi o que ela disse a ele
Ligue sua magia
Para mim ela diria
Tudo que você quer está a um sonho de distância
Sob esta pressão, sob esse peso
Nós somos diamantes
Eu sinto meu coração batendo
Eu sinto meu coração debaixo da minha pele
Eu sinto meu coração batendo
Oh, você me faz sentir
Como se estivesse vivo novamente
Vivo novamente
Oh, você me faz sentir
Como se estivesse vivo novamente
Disse que eu não posso continuar, não desta forma
Sou um sonho, eu morro pela luz do dia
Vou segurar metade dos céus e te dizer, que
Oh, estamos pressentindo algo
Eu sinto meu coração batendo
Eu sinto meu coração debaixo da minha pele
Ohhh, eu posso sentir meu coração batendo
Porque você me faz sentir
Como se estivesse vivo novamente
Vivo novamente
Oh, você me faz sentir
Como se estivesse vivo novamente
Ligue sua magia
Para mim ela dizia
Tudo que você quer está a um sonho de distância
Sob esta pressão, sob esse peso
Somos diamantes tomando forma!
Somos diamantes tomando forma!
Se só temos esta vida
Então esta aventura é maior que eu mesmo
E só se temos esta vida
Você vai me fazer passar pela vida, vivo
E só temos esta vida
Então esta aventura é maior que eu mesmo
Quero compartilhá-la com você
Com você, com você
Eu disse, oh, digo oh
Woo hoo, woo hoo

sábado, 27 de agosto de 2016

Florescimento





 Trevo da Sorte


Seus olhos me dizem tudo o que eu quero saber...  A primeira vez que me olhou, vi um brilho que nunca vou esquecer. Brilho que está ofuscado, embaçado, em um olhar triste e fechado. Como posso não ouvir o que suas palavras não querem dizer? Se são gritos de agonia silenciosos? Como posso não perceber essa luta contra o que é bom, por medo de não prosperar? É tudo tão explícito, que  a negação e a fuga são como um grande escudo brilhante que você carrega diante de si. A dor endurece as almas, os corações, mas esse endurecimento nada mais é do que uma casca que se cria em volta de um ser sensível demais pra superar certas diversidades... E é nessa sensibilidade que está toda a beleza, a graça e o valor desse ser. Só os mais belos criam cascas, justamente por não saber se defender, então criam esse mecanismo de proteção diante as dores da vida. E vão seguindo o destino sem saber que essa casca, infelizmente tem muitas rachaduras... E esse mecanismo não será o suficiente para proteger o tesouro guardado a sete chaves. A água, a mais pura e límpida que existir, conseguirá entrar em seus vãos, e inundar o reservatório que estava seco, purificando-o, hidratando-o e fazendo as sementes que lá existem brotarem novamente...



  Para meu trevo da sorte.


WR

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Crush




"Nada se cria, tudo se transforma". Antoine Lavoisier

É com esta citação de Lavoisier que faremos alusão ao termo CRUSH, e o poema Quadrilha, de Drummond. 

Estamos na modernidade, mas o ser humano e seu modo de pensar, agir, e se emocionar, basicamente continua o mesmo. 
Muda-se o modo de interação, formas de tratamento, mas o objetivo, a causa, o ápice da questão é, e sempre será a mesma. 
Somos guiados por nossos instintos em primeiro lugar, e em segundo plano a consciência. No momento em que pensamos que estamos agindo conscientemente, o instinto já nos fez pensar que a decisão seria obra da consciência. Sim, somos ID. Mas lutamos incansavelmente, a vida inteira para ser EGO. Pois vivemos entorno de SUPEREGOS que nos amordaçam e acorrentam. 

O CRUSH, nada mais é do que o João que amava Tereza...
Condição do desencontro amoroso, onde se quer o que não se poderá possuir.


QUADRILHA

Carlos Drummond de Andrade

João amava Teresa que amava Raimundo 
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili 
que não amava ninguém. 
João foi para o Estados Unidos, Teresa para o 
convento, 
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, 
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto 
Fernandes 
que não tinha entrado na história.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Impressões






"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo.
 Para ser popular é indispensável ser medíocre."


 Oscar Wilde

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Poesia



Se eu fosse um padre

Mário Quintana

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões,
não falaria em Deus nem no Pecado
— muito menos no Anjo Rebelado
e os encantos das suas seduções,

não citaria santos e profetas:
nada das suas celestiais promessas
ou das suas terríveis maldições...
Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,

Rezaria seus versos, os mais belos,
desses que desde a infância me embalaram
e quem me dera que alguns fossem meus!

Porque a poesia purifica a alma
...e um belo poema — ainda que de Deus se aparte —
um belo poema sempre leva a Deus!




domingo, 28 de fevereiro de 2016

Delírio






Escolha

Apesar do medo
escolho a ousadia.
Ao conforto das algemas,
Prefiro a dura liberdade.
Voo com meu par de asas tortas,
sem o tédio da comprovação.
Opto pela loucura, como um grão
de realidade:
meu ímpeto explode o ponto,
arqueia a linha, traça contornos
para os romper.
Desculpem, mas devo dizer:
Eu quero o delírio.



Lya Luft