sábado, 27 de agosto de 2016

Florescimento





 Trevo da Sorte


Seus olhos me dizem tudo o que eu quero saber...  A primeira vez que me olhou, vi um brilho que nunca vou esquecer. Brilho que está ofuscado, embaçado, em um olhar triste e fechado. Como posso não ouvir o que suas palavras não querem dizer? Se são gritos de agonia silenciosos? Como posso não perceber essa luta contra o que é bom, por medo de não prosperar? É tudo tão explícito, que  a negação e a fuga são como um grande escudo brilhante que você carrega diante de si. A dor endurece as almas, os corações, mas esse endurecimento nada mais é do que uma casca que se cria em volta de um ser sensível demais pra superar certas diversidades... E é nessa sensibilidade que está toda a beleza, a graça e o valor desse ser. Só os mais belos criam cascas, justamente por não saber se defender, então criam esse mecanismo de proteção diante as dores da vida. E vão seguindo o destino sem saber que essa casca, infelizmente tem muitas rachaduras... E esse mecanismo não será o suficiente para proteger o tesouro guardado a sete chaves. A água, a mais pura e límpida que existir, conseguirá entrar em seus vãos, e inundar o reservatório que estava seco, purificando-o, hidratando-o e fazendo as sementes que lá existem brotarem novamente...



  Para meu trevo da sorte.


WR

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Crush




"Nada se cria, tudo se transforma". Antoine Lavoisier

É com esta citação de Lavoisier que faremos alusão ao termo CRUSH, e o poema Quadrilha, de Drummond. 

Estamos na modernidade, mas o ser humano e seu modo de pensar, agir, e se emocionar, basicamente continua o mesmo. 
Muda-se o modo de interação, formas de tratamento, mas o objetivo, a causa, o ápice da questão é, e sempre será a mesma. 
Somos guiados por nossos instintos em primeiro lugar, e em segundo plano a consciência. No momento em que pensamos que estamos agindo conscientemente, o instinto já nos fez pensar que a decisão seria obra da consciência. Sim, somos ID. Mas lutamos incansavelmente, a vida inteira para ser EGO. Pois vivemos entorno de SUPEREGOS que nos amordaçam e acorrentam. 

O CRUSH, nada mais é do que o João que amava Tereza...
Condição do desencontro amoroso, onde se quer o que não se poderá possuir.


QUADRILHA

Carlos Drummond de Andrade

João amava Teresa que amava Raimundo 
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili 
que não amava ninguém. 
João foi para o Estados Unidos, Teresa para o 
convento, 
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, 
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto 
Fernandes 
que não tinha entrado na história.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Impressões






"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo.
 Para ser popular é indispensável ser medíocre."


 Oscar Wilde

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Poesia



Se eu fosse um padre

Mário Quintana

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões,
não falaria em Deus nem no Pecado
— muito menos no Anjo Rebelado
e os encantos das suas seduções,

não citaria santos e profetas:
nada das suas celestiais promessas
ou das suas terríveis maldições...
Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,

Rezaria seus versos, os mais belos,
desses que desde a infância me embalaram
e quem me dera que alguns fossem meus!

Porque a poesia purifica a alma
...e um belo poema — ainda que de Deus se aparte —
um belo poema sempre leva a Deus!




domingo, 28 de fevereiro de 2016

Delírio






Escolha

Apesar do medo
escolho a ousadia.
Ao conforto das algemas,
Prefiro a dura liberdade.
Voo com meu par de asas tortas,
sem o tédio da comprovação.
Opto pela loucura, como um grão
de realidade:
meu ímpeto explode o ponto,
arqueia a linha, traça contornos
para os romper.
Desculpem, mas devo dizer:
Eu quero o delírio.



Lya Luft

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Só para Atrevidos e Capazes






Para atrever-se a amar uma bruxa, você deve estar disposto a esquecer tudo o que sempre pensou sobre o amor. Uma bruxa ficará ao seu lado como cúmplice, como companheira e amante compartilhando três vidas. A tua, a dela e a que construirão em comum. Você nunca alcançará o centro do seu coração, porque esse lugar somente pertence a ela. Uma bruxa nunca se entregará por completo a outra pessoa porque sabe que sua verdadeira essência é só sua.
Uma bruxa nunca perderá sua identidade, nem fingirá ser quem não é em troca de amor. Ela carrega dentro os segredos do vento da noite, o mistério da lua no olhar e o ritmo da terra em seu coração. Como poderia querer ser outra se ela já é completa? Se um homem não é capaz de ver a eternidade no sorriso de uma bruxa, ele nunca poderá compreender plenamente a imensidão do seu amor.
Amar uma bruxa removerá teu mundo, retirará anos de idéias equivocadas e te fará enfrentar com aquilo que está escondido no fundo de você mesmo, te fará olhar nos olhos no espelho para descobrir o que é o que ela vê quando te olha. Te fará dançar ao som da melodia mais antiga do mundo e te fará recordar que não é a primeira vez que você a encontrou. Amar uma bruxa te fará abrir a porta dos mistérios que nunca imaginou encontrar mas que sempre esperou descobrir.
Quando uma bruxa te ama, saberá o que é a plena confiança.
Jamais ela irá mentir. Nunca te enganará porque seria como enganar e mentir à sua própria alma. Se uma de nós te ama, poderá se sentir afortunado porque não há nada mais limpo e honesto que o amor de uma bruxa. Mas esperamos o mesmo. A mentira, o engano, a traição... matarão todo o sentimento que poderíamos ter por você. Sofreremos e sentiremos uma dor profunda, mas sabemos como curar-nos e seguir em frente.

Você deve se lembrar de que estamos conectadas com a terra e seus ciclos, por isso, nem sempre nos comportaremos da mesma formal. Às vezes o ar nos levará de um projeto ao outro e será difícil seguir-nos. Às vezes as ideias se cruzam tão rápido em nossa mente que só outra mente rápida e curiosa poderá seguir nossa conversa. Às vezes o fogo nos fará consumir de paixão ou de erupções como vulcões diante daquilo que considerarmos injusto. Provavelmente a nossa raiva é difícil de enfrentar, porque não é qualquer um que consegue lidar com a ira de uma bruxa.
Às vezes a água nos imergirá em tempos de silêncio e melancolia, e irá parecer ainda mais difícil alcançar-nos, mas quando emergirmos do mar de nossas emoções, vamos te amar ainda mais, porque os nossos sentimentos estarão ainda mais claros. Às vezes irá parecer que a terra faz-nos preocupar mais que o normal pelo material, mas apenas estamos criando raízes profundas para poder assentar o lar que acreditamos juntos no tempo e no futuro.
Talvez em alguma noite a bruxa que você ama, não ficará ao seu lado, mas aonde ela esteja, dançando embaixo da lua cheia ou explorando a escuridão da lua escura, você estará com ela. Porque quando uma bruxa se apaixona , ela sabe que essa união foi forjada pela sua alma e pela tua muito antes de nascer, por isso você pode ter certeza de que ela irá voltar para o seu lado. E estará mais completa, mais feliz, mais bruxa e mais apaixonada do que nunca.
Se você ama uma bruxa, terá elegido compartilhar sua vida com uma pessoa livre, que, a partir de sua liberdade, irá compartilhar seu mundo com você. Por isso você deve saber que se algum dia ela deixa de te amar, não haverá jogos nem mentiras. Não haverá enganos. As bruxas conhecem muito bem o poder do amor, da força que é compartilhar a vida com alguém que te impulsiona a ser tua melhor versão e se atreve a alcançar teus sonhos com a segurança de que sempre haverá alguém que crê em você. Ser amado neste mundo cada vez mais solitário é um dom que nós devemos cuidar e agradecer porque não está destinado a todos. Portanto, se alguma vez tudo termina, o último ato de amor de uma bruxa é deixar você ir. Só então ambos poderão encontrar a felicidade e a vida desejada. Juntos ou sozinhos.
E você, bruxa, se chegou a uma época da sua vida em que esta preparada para compartilhar teu caminho com alguém, nunca esconda quem você é à pessoa que amas. Mostra tua alma, deixa fluir tua magia e diga quem você é desde o primeiro momento. Só assim saberá que o que está criando é real.
Se você ama, deve amar por inteiro. Com todas as suas vidas, com toda a sua magia, com todos os seus sonhos. Com todos os mistérios de seu coração de bruxa.

~ Eva Hyedra López